Água

Superintendente do SEMAE participa de reunião na Câmara de Ouro Preto para falar sobre a situação da autarquia

                                               Superintendente do SEMAE em reunião na Câmara Municipal de Ouro Preto

Na manhã da última quinta-feira, dia 24, o superintende do Serviço Municipal de Água e Esgoto de Ouro Preto (SEMAE-OP), Júlio Corrêa, participou da Tribuna Livre da Câmara de Vereadores de Ouro Preto. Além da difícil situação financeira enfrentada pelo órgão, o superintende citou outras questões que têm comprometido a eficiência dos serviços prestados.

Destacou, ainda, que o objetivo é encontrar soluções definitivas para o problema de abastecimento de água no município.

Durante a reunião, o superintende respondeu aos questionamentos de todos os parlamentares presentes. As perguntas se concentraram, principalmente, no sentido de esclarecer quais as medidas vêm sendo adotadas para amenizar os problemas gerados pela estiagem.

Corrêa respondeu que, a despeito de reconhecer que as ações não são as mais eficientes, tem disponibilizado caminhões pipas para o abastecimento das regiões com maiores demandas, iniciou-se o processo de perfuração de poços artesianos, além de priorizar as campanhas de conscientização da população, especialmente aquela parcela que não é afetada pelo desabastecimento, para que esta possa cooperar com a parte mais alta do município, que sofre ainda mais nessa época do ano.

Salientou, ainda, que nesse período do ano, a despeito de todos os outros, o volume das captações diminuiu sensivelmente. A solução definitiva para contrapor esse fato demanda de pesquisas, projetos e um tempo maior, mas é uma das propostas que essa administração pretende deixar como legado para a cidade a longo prazo.

Quanto aos distritos, ressaltou a necessidade de ações pontuais, as quais o SEMAE ainda não alcançou, buscando a conservação das nascentes que lá abastecem.

Ao final da reunião, Júlio Corrêa falou sobre a importância de a população continuar a economizar água, pois o município atravessa um momento difícil em função do período de intensa estiagem.

O superintendente ainda destacou a importância de a população se dirigir diretamente ao SEMAE para fazer suas solicitações já que, somente dessa maneira, a autarquia poderá se mobilizar para resolver as demandas e conseguir dimensionar racionalmente quais as regiões demandam maior atenção.